100%

Justiça determina afastamento de vereador de Comissão Parlamentar de Inquérito

A Câmara de Vereadores foi notificada nesta sexta-feira (5) que o Poder Judiciário determinou o afastamento de um dos vereadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga denúncia recebida via Ouvidoria da Câmara. O afastamento foi solicitado pelo Ministério Público. A decisão do Poder Judiciário diz respeito somente à participação do vereador na CPI.

O presidente da Câmara de Vereadores, Everaldo Di Berti, recebeu a decisão e deu conhecimento ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, vereador Vagner Passos. Vagner afirmou que os trabalhos da CPI seguirão normalmente, agora sem a presença do vereador, atendendo a determinação contida na decisão do Poder Judiciário.

O presidente Everaldo Di Berti irá se reunir no fim de semana com a assessoria jurídica, com a Mesa Diretora e com a presidência da CPI para discutir o assunto e dar os encaminhamentos necessários. Novas decisões devem ser comunicadas no início da semana.

Notícias

Câmara sediará Seminário Estadual sobre Gestão Cultural

Vereadores pedem manutenção de agência da Receita Federal em São Miguel do Oeste

Câmara presta homenagem pelos 60 anos de fundação do Colégio Jesus Maria José

Vereadores manifestam apoio a sindicatos em defesa dos direitos dos trabalhadores rurais

Vereadores aprovam pedido de vistas a projeto sobre exploração de terminal rodoviário

Vereadores aprovam aumento de repasse para Apae, Apas e Rede Feminina

Vereadores pedem instalação de novo trevo na BR-282, asfaltamento, lombada e obras de drenagem

Câmara abre processo seletivo para contratar auxiliar de serviços gerais

Justiça determina afastamento de vereador de Comissão Parlamentar de Inquérito

Vereadores sugerem criação de hemocentro no Hospital Regional