100%

Vereadores sugerem criação de hemocentro no Hospital Regional

Vereadores sugerem criação de hemocentro no Hospital Regional José Giovenardi e Silvia Kuhn sugeriram implantar hemocentro no Hospital Regional
Os vereadores Silvia Kuhn (MDB) e José Giovenardi (PR) apresentaram uma moção de apelo sugerindo a implantação de um hemocentro regional ou um núcleo de coletas de sangue no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. A medida, afirmam os vereadores, facilitará a doação de sangue no Município, considerando que hoje os doadores precisam se deslocar até Chapecó para a coleta.

“Além de atender a população de São Miguel do Oeste, a instalação de um hemocentro atenderá também os habitantes dos municípios vizinhos, aumentando ainda mais o estoque de sangue para transfusão”, ressaltam. “Doar sangue é um ato de solidariedade. Cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas”, acrescentam. A sugestão foi aprovada durante a sessão desta quinta-feira (4) e será encaminhada ao secretário estadual de Saúde, Helton de Souza Zeferino, e aos deputados estaduais da bancada catarinense.

OESTEBIO

Cássio da Silva (MDB) e Elias Araújo (PSD) apresentaram um requerimento solicitando informações sobre a Cooperativa Mista de Produção, Industrialização, Comercialização de Biocombustíveis e Produtos Agropecuários do Sul do Brasil (Oestebio). Os vereadores questionam qual o prazo do convênio existente entre o Município e a Oestebio; quem é o responsável, por parte o município, pelo acompanhamento do convênio com a cooperativa; quais atividades estão sendo desenvolvidas atualmente pela Oestebio; quais ações o Município pretende adotar com o espaço concedido à Oestebio ao final do prazo do convênio; quais os equipamentos e maquinários de propriedade do Município que estão cedidos à cooperativa, e qual o seu estado de conservação; qual foi o movimento econômico da Oestebio nos últimos três anos de concessão, e quantos empregos diretos a cooperativa oferece atualmente. O pedido será enviado ao prefeito Wilson Trevisan, ao secretário de Administração e Finanças Alencar Barbieri e ao presidente da Oestebio, Charles Reginatto.

INDICAÇÕES

Cláudio Barp (MDB) e Carlos Grassi (PP) apresentaram indicação solicitando a pintura de faixas de pedestres e a pintura delimitando as vagas de estacionamento em toda a extensão das ruas Oiapoque e Barão do Rio Branco, no Bairro Agostini. Eles justificam o pedido afirmando que nesse trecho há grande movimentação de veículos e pedestres, pois as ruas dão acesso à Unoesc; em relação às vagas de estacionamento, os vereadores afirmam que muitos motoristas e motociclistas estacionam de forma irregular. O pedido será enviado ao prefeito e ao diretor do Departamento Municipal de Trânsito.

Vagner Passos (PSD) solicita a canalização do córrego na Rua 31 de Março, no Centro de São Miguel do Oeste. O vereador justifica que os moradores da localidade sofrem com o cheiro de esgoto e de combustíveis e com a proliferação de insetos, e que o problema se agrava em dias de chuva, quando o riacho aumenta de volume. “A falta de canalização apresenta um sério risco à saúde desses moradores”, acrescenta Vagner, afirmando que já foram realizados pedidos pelos moradores nos anos de 2006, 2007, 2009, 2010, 2015, 2017 e 2019, mas que apesar das visitas ao local, não houve respostas concretas. O pedido será enviado ao prefeito e à secretária de Urbanismo.

Gilberto Berté (MDB) solicita ao Poder Executivo que asfalte e construa passeios na Rua Tiradentes, incluindo o trecho de estrada de terra, no Bairro São Jorge, ligando a Rua Florianópolis até a Willy Barth, no São Gotardo. A sugestão visa facilitar o acesso entre os extremos da cidade, além de melhorar a condição de tráfego entre os moradores locais. O pedido será enviado ao prefeito e à secretária de Planejamento e Urbanismo.

Vanirto Conrad (PDT) solicita a limpeza nos fundos da residência de Odila Pinheiro da Silva e demais moradores das margens da sanga nos fundos do Mercado Bazotti, no Bairro São Luiz. O vereador ressalta que há acúmulo de lixo, pedras e terra que desmoronaram na encosta das residências.

Na mesma indicação, Vanirto destaca que as moradias possuem várias rupturas, e sugere a realocação das famílias para outro local mais seguro, através de um programa de habitação para pessoas de baixa renda. “Isso evitará que ocorram fatos graves ou fatais com essas famílias”, acrescenta o vereador. O pedido será enviado ao prefeito e às secretárias de Urbanismo e de Assistência Social.

Maria Tereza Capra (PT) solicita à Secretaria de Urbanismo que realoque o abrigo de passageiros na Rua Tiradentes, no Bairro São Jorge, próximo à casa das Irmãs Divino Salvador. Conforme a vereadora, o ponto de ônibus foi retirado no ano passado e colocado na Rua Padre Aurélio Canzi, esquina com a Rua Adolfo Konder. “Conforme os moradores este ponto não é utilizado, pois não há linha de ônibus neste trajeto”, justifica a vereadora. O pedido será enviado ao prefeito e à secretária de Urbanismo.

Notícias

Câmara sediará Seminário Estadual sobre Gestão Cultural

Vereadores pedem manutenção de agência da Receita Federal em São Miguel do Oeste

Câmara presta homenagem pelos 60 anos de fundação do Colégio Jesus Maria José

Vereadores manifestam apoio a sindicatos em defesa dos direitos dos trabalhadores rurais

Vereadores aprovam pedido de vistas a projeto sobre exploração de terminal rodoviário

Vereadores aprovam aumento de repasse para Apae, Apas e Rede Feminina

Vereadores pedem instalação de novo trevo na BR-282, asfaltamento, lombada e obras de drenagem

Câmara abre processo seletivo para contratar auxiliar de serviços gerais

Justiça determina afastamento de vereador de Comissão Parlamentar de Inquérito

Vereadores sugerem criação de hemocentro no Hospital Regional