100%

Emoção marca Sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Emoção marca Sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher Galeria Lilás foi renovada para o ano de 2019
Mulheres que tiveram uma vida sofrida, que criaram poucos ou muitos filhos, que foram vítimas de violência doméstica, que se superaram, que sustentaram as famílias, que se destacam na vida profissional, que eram promessas em suas áreas, ou que atuam como voluntárias foram motivo de homenagens durante a sessão solene alusiva ao Dia Internacional da Mulher, realizada nesta quinta-feira (7) pela Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste. A sessão marcou também a renovação da Galeria Lilás para o ano de 2019.

O evento foi proposto por iniciativa das vereadoras Maria Tereza Capra e Silvia Teresinha Kuhn. Foram homenageadas em vida as senhoras Amélia de Oliveira, Carina Rodrigues de Freitas Vizotto, Daiana Deisy Bruckmann, Ines Consoli Orso, Marilei Regina Salvi e Selma Weber. Já a Galeria Lilás deste ano exibe as fotos e históricos de 13 mulheres, com homenagens em memória: Annita Kolling Werlang, Delci Dalmagro Bianchi, Elga Soares Tuni, Elisandra Lucotti, Gertrudes Irena Geyer Schneider, Josefina Schmitt Martini, Maria de Lourdes Balão Missen, Maria Taffarel De Bona, Nelci Sampaio da Silva Rosa, Raquel Herbert, Rosalina Maria Schneider Dill, Rosalina Moss Feltes e Sélia Maria Berté. Familiares das homenageadas, com muita emoção, receberam uma lembrança da Câmara com a foto e o histórico dessas mulheres.

Maria Tereza Capra, em sua manifestação, enalteceu a luta e a história das mulheres e defendeu a manutenção de direitos, como o de se aposentar com menos idade e tempo de contribuição. “Não se trabalha apenas na nossa profissão, nós, mulheres, temos tripla jornada”, ressaltou, ao defender a divisão das tarefas domésticas. “Hoje só tem um caminho para que assumamos a responsabilidade pelo futuro das mulheres: é nos lembrarmos de nossas mães. O mesmo carinho que se tem pelas nossas mães e avós, que nós tenhamos com todas as mulheres de nossa sociedade”, disse, em referência aos casos de violência contra a mulher.

Já Silvia Kuhn, também proponente da sessão solene, enfatizou o trabalho voluntário feito pelas pessoas. “O número de mulheres que desempenha esse trabalho não aparece em nenhuma estatística. E se elas não fizessem esse papel? E se elas não cuidassem dos idosos? E se não cuidassem dos animais? E se não cuidassem do meio ambiente? Como seria o nosso município?”, questionou. Ela afirmou que a data de 8 de março é um momento de reconhecer o trabalho das pessoas que nos antecederam. Disse que é necessário convencer mais mulheres a estar na política e ocupar os espaços públicos. Silvia falou também sobre as diversas formas de violência contra a mulher e refletiu sobre como crianças “doces” se tornam adultos agressivos.

Após a leitura dos históricos e das manifestações das autoridades, foi reinaugurada a Galeria Lilás, renovada para o ano de 2019, que exibe imagens das 13 mulheres homenageadas.

Notícias

Câmara presta homenagem a PMs que atuaram em captura de autor de tentativa de latrocínio em joalheria

Projeto que autoriza exploração do terminal rodoviário é aprovado em segunda votação

Vereadora pede informações sobre apostilas da rede municipal

Vereadores indicam serviços públicos à Secretaria de Urbanismo

Câmara aprova projeto autorizando abertura de crédito suplementar

Câmara instaura CPI para apurar possíveis irregularidades em prestação de serviços de fisioterapia

Vereador pede informações sobre cursos de primeiros socorros a professores

Vereadores cobram de operadoras melhores serviços de telefonia móvel

Vereadores aprovam proposta autorizando exploração de terminal rodoviário

Vereadora manifesta repúdio a cortes de verbas na educação