100%

Projeto dá nome de Odirlei Robson Matana a rua no Distrito Industrial na Linha Emboaba

Projeto dá nome de Odirlei Robson Matana a rua no Distrito Industrial na Linha Emboaba Gilberto Berté entregou cópia do projeto de lei a familiares da Odirlei Robson Matana
A Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste aprovou em primeiro turno um projeto de lei de Gilberto Berté (MDB), que denomina de “Odirlei Robson Matana” a Rua Projetada nº 1, localizada no Loteamento Distrito Industrial Rido Carlito Voltz, na Linha Emboaba. O projeto foi apreciado nesta terça-feira (11) em sessão ordinária.

O homenageado nasceu em 26 de fevereiro de 1983 em São Miguel do Oeste, filho de Odil e Melacia Matana. Desde pequeno acompanhou seus pais na comunidade e nos serviços na agricultura. Odirlei estudou no curso Técnico de Alimentação no Senai, estagiou na Indústria Piá Alimentos em Nova Petrópolis/RS e em 2003 retornou a São Miguel do Oeste.

Odirlei casou-se com Rosane Griep, com quem teve dois filhos: Cauane e Arthur. Junto com a esposa e seus pais, Odirlei fundou a empresa Indústria de Produtos Coloniais Matana Ltda, em 2005, que está em funcionamento até hoje.

Em 2013, Odirlei comprou um caminhão para transportar frutas, e assim começou sua carreira como transportador. No dia 3 de dezembro de 2017, Odirlei e seu filho Artur partiram para mais uma viagem. Eles foram a São Paulo com o caminhão, e após fazerem as entregas Odirlei iria carregar seu caminhão para retornar a sua casa. No percurso, durante a madrugada do dia 5 de dezembro, Odirlei colidiu seu caminhão, que acabou incendiando. Odirlei conseguiu ajudar seu filho a descer do caminhão mesmo estando preso com os pés às ferragens, mas não conseguiu sair e acabou morrendo queimado.

Em sua vida sempre arrumava um tempo para ajudar na comunidade: era catequista na igreja de Alto Guamerim, foi diretor esportivo do Grêmio Guamerim por quatro anos, coordenou a comunidade ao lado da esposa por quatro anos e era sócio-fundador e presidente do Grupo de Trilheiros Kabo Arrochado, da comunidade de Alto Guamerim. Familiares de Matana participaram da sessão e receberam uma cópia do projeto de lei.

AUTOR DE PROJETO

Outro projeto de lei aprovado é de autoria de Everaldo Di Berti (PSD), Cássio da Silva (MDB) e Odemar Marques (PDT), e dispõe sobre a obrigatoriedade da inscrição do nome do autor do projeto de lei quando da sanção e/ou promulgação. A proposta estabelece que as leis municipais deverão conter em seus rodapés a inscrição do nome do autor ou autores dos projetos de lei, inclusive nos de autoria do Poder Executivo. Os autores justificaram na sessão que esta é uma forma de valorizar o trabalho do vereador e também um incentivo. O projeto foi aprovado por maioria, com abstenção de Maria Tereza Capra.

ESTATUTO

Os vereadores também aprovaram um projeto de lei complementar que insere o inciso V e dá nova redação ao parágrafo único, ambos do artigo 66 da Lei Complementar 9/2012 (Estatuto dos Servidores Públicos de São Miguel do Oeste). A alteração diz respeito a trecho da lei que prevê desconto sobre a remuneração do servidor, listando os descontos legais e os autorizados pelo servidor. O projeto acrescenta “restituições e indenizações ao erário público” nos descontos permitidos.

VETO

Os vereadores também apreciaram veto do prefeito ao projeto que denominou de Raimar Dieter Staats a Rua Projetada A, localizada no Loteamento Progresso. Conforme a mensagem do prefeito, após verificação junto ao Cadastro Imobiliário do Município, foi constatado que o Loteamento Progresso ainda não existe. O projeto era de autoria do vereador Vagner Passos (PSD), que explicou que o loteamento recebeu outro nome. O veto foi acatado por unanimidade dos vereadores.

Notícias

Câmara terá ponto facultativo na sexta

Câmara presta homenagem à equipe de enfermagem do Hospital Regional

Vereadores pedem informações sobre georreferenciamento e apresentam pedidos de obras e serviços no município

Rua no Bairro Salete receberá o nome de José Egon Dill

Vereadores aprovam projeto que concede direitos a agentes comunitários de saúde

Câmara instaura comissão para apurar denúncia recebida via Ouvidoria

Vereador pede prorrogação de prazo para adequar passeios públicos

Câmara autoriza contratação de serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos através de concessão ou PPP

Vereadores mirins participam de curso de argumentação e oratória

Em audiência pública, promotor esclarece pontos da legislação ambiental e ressalta importância de preservar mananciais hídricos