100%

Vereadora propõe ensino de Libras na rede municipal

Vereadora propõe ensino de Libras na rede municipal Silvia Kuhn indicou implantação da disciplina de Libras na rede municipal de ensino
A vereadora Silvia Kuhn (MDB) indicou, durante a sessão da Câmara desta terça-feira (14), que a Secretaria Municipal de Educação implante a disciplina de Libras – Língua Brasileira de Sinais na grade curricular do ensino fundamental das escolas municipais. A vereadora justifica que a Libras é uma língua indispensável, “pois oportuniza a inclusão em todos os ambientes educacionais e sociais”.

A vereadora lembra que uma parcela significativa da população, os surdos, tem problemas de comunicação. “Quando eles utilizam a Língua Brasileira de Sinais, esse método permite que comuniquem-se apenas entre si e com as pessoas mais próximas que aprendem Libras. Já o restante da população não tem acesso fácil a cursos dessa língua”, enfatiza Silvia Kuhn.

“A proposta é que seja incluído na grade curricular das escolas municipais o ensino de Libras, desta forma os alunos que não têm deficiência auditiva também poderão entender e comunicar-se com os surdos, assim incluindo de fato todos ao ensino e aprendizagem”, acrescenta a vereadora. A indicação, aprovada por unanimidade, será enviada ao prefeito e à secretária municipal de Educação.

PROJETOS DE LEI

Na sessão também foram aprovados dois projetos de lei, um em primeira e um em segunda votação. Um dos projetos é de autoria de Carlos Grassi (PP) e denomina de Selvino Alfredo Simon a Rua Projetada E, localizada no Loteamento Eduardo Agostini II, no Bairro Agostini. O projeto foi aprovado em segunda votação e uma cópia foi entregue à família do homenageado.

Em primeiro turno os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 86/2018, de autoria do Executivo, que autoriza o município de São Miguel do Oeste a permutar lote urbano com Julio Cesar Zanatta e sua esposa Marinez Zanatta. O lote permutado, de propriedade do município, tem área de 312,65 metros quadrados, e será permutado com parte de chácara com área de 502,69 metros quadrados, de propriedade de Julio Cesar Zanatta e Marinez Zanatta, já absorvida pelo prolongamento da Rua Willy Barth, no Bairro São Sebastião.

Notícias

Câmara fará ponto facultativo

Câmara presta homenagem pelos 60 anos de fundação do Colégio Jesus Maria José

Vereadores manifestam apoio a sindicatos em defesa dos direitos dos trabalhadores rurais

Vereadores aprovam pedido de vistas a projeto sobre exploração de terminal rodoviário

Vereadores aprovam aumento de repasse para Apae, Apas e Rede Feminina

Vereadores pedem instalação de novo trevo na BR-282, asfaltamento, lombada e obras de drenagem

Câmara abre processo seletivo para contratar auxiliar de serviços gerais

Justiça determina afastamento de vereador de Comissão Parlamentar de Inquérito

Vereadores sugerem criação de hemocentro no Hospital Regional

Câmara aprova criação do Dia Municipal da Proclamação do Evangelho e da Reforma Protestante