100%

Galeria Lilás / 2016

Amalia Daltoé Agostini
Amalia Daltoé Agostini

Amália nasceu em 29 de agosto de 1916, na Linha Alegre, Município de Encantado/RS. Filha de Guerino Daltoé e Angela Grosbelli, casou com Eduardo João Agostini em Nova Bréscia/RS em 07 de abril de 1937. Teve 10 filhos, Eugênio (in memorian), Victor (in memorian), Ettore (in memorian), Pedro (in memorian), Edilce (in memorian), Lourdes, Terezinha, Silvestre, Juvenila e Neville.

Amália Schmitt Finn
Amália Schmitt Finn

Amália Schmitt Finn, Vova como era conhecida, nasceu em São Sebastião do Cai/RS em 18 de março de 1915. Casou com Adolfo Finn, com quem teve três filhos: Alcides Finn, Hilda Finn Pivatto e Leonardo Finn. Mudou-se com sua família para a linha Pinheirinho, dedicando a vida a criar sua família e ajudar ao próximo. Adquiriram um comércio onde vendiam desde calçados até remédios. E foi assim, com conhecimentos sobre remédios homeopáticos, que Amália e Adolfo medicavam as pessoas doentes e faziam acompanhamentos, curando muitas crianças e adultos, sem cobrar custo algum por isso.

Celestina Hass Juvernardi
Celestina Hass Juvernardi

Celestina Hass Juvernardi, conhecida como Vó Celeste, nasceu no dia 8 de dezembro de 1919 na cidade de Gramado/RS. Cresceu e passou sua adolescência na roça, junto com seus pais agricultores. Casou com Josué Juvernardi e dessa união nasceram 10 filhos, sendo 8 já falecidos. Moravam em Campos Novos/SC, mas em 1954 mudaram-se para São Miguel do Oeste. Vó Celeste adorava costurar, fazer crochê, cultivar ervas para chás e flores. Dedicou-se a ajudar as pessoas, dom descoberto por ela mesma e jamais cobrado para ser realizado. Era procurada diariamente por pessoas de todas as idades, que lhe pediam conselhos, orações ou chás de erva para os mais diversos males.

Crédia Maria Berté Spiecker
Crédia Maria Berté Spiecker

Conhecida como “Clélia”, desde muito jovem descobriu sua vocação. Aos 14 anos, em razão de internação do Hospital Santo Antonio, em Chapecó, viu aflorar uma vontade imensa de poder ajudar, auxiliar e ser útil ao próximo. Como permaneceu por um longo período internada, observou, aprendeu e começou a colocar em prática sua grande vocação. Era uma enfermeira dedicada, amorosa e atenciosa com todos, sempre com um sorriso no rosto. Aplicava injeções com tanta suavidade que nem se percebia. 

Gentília Antonia Capra Moretto
Gentília Antonia Capra Moretto

Gentilia Antonia Capra Moretto, filha de José Capra e Maria Ana Ghisleni, nasceu em Encantado/RS no dia 20 de março de 1930. Aos 26 anos casou-se com Ivo Romano Moretto, com quem teve 5 filhos: Maria de Fátima, Agostinho Luiz, Maria Clara (In Memorian), Giseli da Graça e Giovani José Moretto.

Maria Helena Spazzini
Maria Helena Spazzini

Maria Helena, ou Dona Maria da Urca, como era conhecida, era filha de Pedro Poleto e Carolina Barbieri Poleto. Nasceu no dia 21 de julho de 1940, na cidade de São Domingos do Guaporé/RS. Ajudou o pai nos trabalhos do hotel desde pequena. Casou-se dia 25 de outubro de 1958 com Benjamin Spazzini. Ao lado do marido, assumiu em São Miguel do Oeste a Churrascaria Urca, fundada por seu pai. Teve dois filhos, João Carlos, o Chico (in memorian) e Luiz Gustavo, e duas netas.  

Maria Joana dos Santos
Maria Joana dos Santos

A professora Maria Joana, natural de Nonoai/RS, veio para o Município no ano de 1942. Lutou incansavelmente junto ao Governo Estadual para instalar aqui um estabelecimento de ensino e assim conseguiu nossa primeira escola, denominada de Carlos Guilherme Krüger, hoje transformada na Escola São Miguel.

Marilei Becker Teló
Marilei Becker Teló

Marilei Becker Teló, filha de Osvaldo Becker e Maria Lourdes Becker, nasceu em Iraí/RS em 18 de março de 1964. Casou-se com Cesar Luiz Teló em 1987 e, desta união teve os filhos Elis Marina e Cesar Antônio, e a neta Maria Flor. Marilei formou-se em Enfermagem em 1984 e posteriormente estudou Piano, Desenho Artístico, técnica Vocal e Teoria Musical & Solfejo na Escola de Artes de Chapecó. 

Olinda Pasquina Perini Vidor
Olinda Pasquina Perini Vidor

Olinda nasceu em 16 de julho de 1920, em Caxias do Sul/RS. Casada com Josué Vidor, foi mãe de 7 filhos (5 homens e 2 mulheres). Chegaram a São Miguel do Oeste dia 1º de junho de 1944, com 3 filhos pequenos. Já aqui em São Miguel do Oeste, nasceram os outros 4 filhos, hoje todos já aposentados. 

Teresa Carmo Borges Costa
Teresa Carmo Borges Costa

Teresa Carmo Borges Costa, filha de Manoel Lourenço e Maria do Carmo Borges, nasceu em 16 de julho de 1903, natural de Encantado/RS. Casou-se com 17 anos com Amandio Costa, agricultor e artesão que trabalhava na confecção de artigos trançados em couro e madeira.

Terezinha Gaio Basso
Terezinha Gaio Basso

Terezinha nasceu 10 de novembro de 1935, na cidade de Flores da Cunha/RS, filha de Tranqüilo e Carmelinda Gaio. Casou-se com Luiz Basso em 04 de julho de 1959 e no mês seguinte fixou residência em São Miguel do Oeste. Teve 4 filhos: Márcia, Jussara, Rogério e Leandro. Durante sua vida demonstrou grande preocupação com as pessoas mais carentes, procurando sempre prestar auxílio para amenizar suas necessidades tanto materiais quanto espirituais. 

Tranquila Lazarotto Silvestre
Tranquila Lazarotto Silvestre

Tranquila Lazarotto Silvestre nasceu em São Sebastião do Caí/RS em 23 de janeiro de 1911. Casou-se com Caetano Ângelo Silvestre no dia 09 de maio de 1933. No período em que permaneceram em São Sebastião, tiveram os quatro primeiros filhos. Em 1941 resolveram tentar novas alternativas na nossa região, por saber que aqui encontrariam terras mais férteis para poder prosperar. Assim chegaram ao Município dia 13 de junho de 1941 e posteriormente mudaram-se para a linha Canela Gaúcha.

Selecione o ano desejado para listar