100%

Instituto CVE recebe homenagem da Câmara pelos 40 anos de atividades

Instituto CVE recebe homenagem da Câmara pelos 40 anos de atividades Proponentes da homenagem entregaram moção de aplauso a dirigentes do CVE
O Instituto Educacional CVE recebeu duas homenagens da Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste. Os 40 anos de história do educandário foram lembrados em moção de aplauso de Everaldo Di Berti (PSD), Vagner Passos (PSD), Gilberto Berté (PMDB) e Maria Tereza Capra (PT). Os autores da moção destacam a atuação das fundadoras Elza Gobi, Aguida Bernardi Gewhere e Ivone Ghehl Schedler, “professoras e mães preocupadas com a educação que deixariam aos seus filhos”.

O CVE oficializou suas atividades efetivamente em 30 de maio de 1978, primeiramente com o nome de Jardim de Infância Chapeuzinho Vermelho, depois para Escola Chapeuzinho Vermelho e então Instituto Educacional CVE. Atualmente o educandário atende 227 alunos do maternal ao 9º ano. Entre as atividades oferecidas estão o ensino da língua inglesa no contraturno escolar, oficinas de dança, basquete, vôlei, badminton e outras. “Parabenizamos a todos os alunos, pais, funcionários, professores, diretores e fundadoras, inclusive aqueles que já passaram pela escola, deixando sua contribuição”, ressaltam os vereadores.

A instituição também foi homenageada durante a sessão dos vereadores mirins de São Miguel do Oeste. Uma moção de aplauso foi proposta por Arthur Zanella Capra Voght, vereador mirim estudante do CVE. Arthur destacou que o educandário possui a missão de “oportunizar a construção integral do ser humano na educação infantil e no ensino fundamental através de metodologias inovadoras que possibilitem a integração do conhecimento com criatividade, versatilidade e excelência”.

As homenagens foram entregues aos dirigentes do Instituto Educacional CVE.

Notícias

Câmara vota projeto de lei e vereadores apresentam indicações de obras e serviços

Vereadores aprovam projetos e indicam obras e serviços ao Executivo

Construção de casa de passagem, crianças em risco e respeito à cultura são temas debatidos em audiência pública

Audiência pública vai debater situação de famílias indígenas

Vereadores debatem mão única e propõem alterações no trânsito

Vereadora propõe ensino de Libras na rede municipal

Pedidos de obras no interior são aprovadas na Câmara

Vereadores prestam homenagem aos 12 anos da Lei Maria da Penha

Vereadora propõe desburocratização de exames de audiometria

Rua no Bairro Agostini receberá o nome de Selvino Alfredo Simon