100%

Câmara aprova lei que cria o Dia Municipal da Pessoa com Diabetes

Câmara aprova lei que cria o Dia Municipal da Pessoa com Diabetes Elias Araújo é o proponente do projeto que cria o Dia da Pessoa com Diabetes
Os vereadores de São Miguel do Oeste aprovaram por unanimidade, em primeiro turno, projeto de lei que institui o “Dia Municipal da Pessoa com Diabetes” no município de São Miguel do Oeste. De autoria do vereador Elias Araújo (PSD), o projeto prevê que a data será comemorada anualmente no dia 14 de novembro e dedicada à realização de ações de prevenção, educação e combate a diabetes.

O projeto prevê que em novembro de cada ano será realizada uma semana de campanhas de esclarecimentos, exames e outras ações educativas e preventivas para detecção da diabetes. As ações serão realizadas “a critério da Administração Municipal e em cooperação com a iniciativa privada, entidades civis e organizações profissionais e de saúde”.

A matéria prevê ainda que nesse mês os espaços públicos deverão expressar a adesão à campanha utilizando um círculo azul como símbolo. Elias justifica que esse símbolo representa em várias culturas “a vida, a mãe terra, a saúde e a união”.

O projeto foi aprovado em primeiro turno na sessão desta quinta-feira (5) e passará ainda por uma segunda votação antes de ser enviado para sanção pelo prefeito.

Notícias

Vereadores pedem instalação de colégio militar em São Miguel do Oeste

Vereadores manifestam apoio à instalação da Havan em São Miguel

Vereadores fazem pedidos de sinalização de trânsito, melhorias em boca-de-lobo e implantação de praça

Vereadores acatam veto a projeto sobre a Junta Administrativa de Recursos e Infrações

Pedidos ao Cotrasmo, à Casan e à Prefeitura são assunto de proposições na Câmara

Câmara presta homenagem pela passagem do Dia Nacional dos Escoteiros

Vereadores aprovam projeto que autoriza Executivo a pagar pelo recolhimento de animais mortos

Vereador quer que Funai e MPF intercedam por crianças indígenas

Proposições de vereadores pedem calçamento, medição de imóveis, calçada, iluminação pública, praça e melhorias no escoamento da água

Vereadores sugerem que residências com mais de 100 metros quadrados sejam obrigadas a ter sistema de captação da água da chuva